Órgãos Urinários

No nosso segundo post, abordaremos o tema "Órgãos Urinários",dando informações sobre seus constituintes, suas funções e particularidades dentre as espécies.

"O sistema Urinário consiste em um par de rins, órgãos que formam a urina a partir do sangue; os ureteres, que conduzem a urina a partir dos rins; bexiga urinária, onde a urina é armazenada até que seja convenientemente eliminada; e uretra, por onde finalmente a urina chega até o meio exterior."
Trecho do livro "Tratado de Anatomia Veterinária - Dyce, Sack e Wensing"


               Fonte: http://www.biosphera.com.br/imagens-anatomia-veterinaria-cachorro.asp?i=imagens/anatomia-canina/sistema-urogenital.jpg&d=Sistema%20Urogenital

Rins


Os rins tem a função de promover a filtração do plasma presente no sangue, reabsorvendo as substâncias úteis e excretrando o que não poderá ser aproveitado pelo organismo.
Além disso, os rins promovem uma função endócrina, que consiste na produção e liberação dos hormônios renina ( regula a pressão sanguínea sistêmica) e eritropoetina ( Infuencia a eritropoese)
Os rins estão localizados pressionados contra o teto da parede corporal. Podem ser chamados de retroperitoniais já que não apresentam uma cobertura peritonial completa.

O rim é recoberto pela capsula renal, uma camada fibrosa que protege os órgãos.


 
                                          Fonte:http://dc248.4shared.com/doc/Zo0mw6-Z/preview.html

Internamente é dividido em duas regiões; uma medular, localizada internamente e uma região cortical, mais externa.
 Podem ser classificados como multipiramidais e unipiramidais de acordo com o seu arranjo macroscópico em lobos.



                     Fonte: http://www.ultrassomveterinario.com/2009/02/se-voces-se-perguntaram-um-pouco-mais_11.html


Corte  de dois rins unipiramidal e multipiramidal, respectivamente, mostrando seu arranjo interno com um córtex e uma medula.

                       Fonte:http://vet107.blogspot.com.br/2012/09/aparelho-urogenital-orgaos-urinarios.html

 Unidade Funcional


 As unidades funcionais dos rins são chamadas de néfrons e estima-se a presença de milhares ou milhões destes nos rins.



 

Forma e Posicionamento

Na sequência: A: Carnívoro/ Pequeno Ruminante, B: Suíno, C: Equíno e D: Bovino

A forma e o posicionamento dos rins pode variar muito de acordo com as espécies.

Equíno

  • Possuem formato de coração. 
  • O rim esquerdo é mais cranial que o rim direito e por isso faz uma impressão no fígado.

Fonte: Popesko, P. Atlas de Anatomia Topográfica dos Animais Domésticos.


Suíno

  • Formato de grão de feijão.
  • Estão localizados um ao lado do outro.
 Fonte: Popesko, P. Atlas de Anatomia Topográfica dos Animais Domésticos.

Bovino

  • Rins lobados externamente.
  • Rim direito faz impressão no fígado por ser mais cranial que o rim esquerdo.
  • Rim esquerdo é deslocado para a direita. 
                             Fonte: Popesko, P. Atlas de Anatomia Topográfica dos Animais Domésticos.

Carnívoros

  • Rins no formato de feijão.
  • Rim direito mais cranial (faz impressão no fígado) que o rim esquerdo. 



 
 Fonte: Popesko, P. Atlas de Anatomia Topográfica dos Animais Domésticos.


Pequenos Ruminantes

  • Possuem formato de grão de feijão.
  • Rim direito mais cranial que o rim esquerdo.
  • Rim esquerdo deslocado para a direita do plano sagital mediano.

               Fonte: Popesko, P. Atlas de Anatomia Topográfica dos Animais Domésticos.

Pelve Renal e Ureter


A pelve renal é uma expansão na qual todos os ductos papilares se abrem. É na pelve renal que o ureter tem o seu início.
É o ureter que conduzirá o filtrado dos rins até a bexiga, onde ele será armazenado.
Possui mucosa pregueada, o que lhe permite uma leve expansão durante a passagem da urina.


Pelve renal e ureter demonstrados em marrom 


Ao chegar na bexiga, o  ureter penetra obliquamente na parede. Esse arranjo , chamado de  percurso intramural, permite que, em pressões elevadas na bexiga, a urina armazenada não retorne para o ureter.
                               Fonte: DYCE, K. M. et al. Tratado de Anatomia Veterinária.



Bexiga Urinária


É o local onde a urina será armazenada para uma posterior eliminação. 

É dilatável e por isso apresenta um epitélio de transição, que sofrerá alterações de acordo com o grau de dilatação da bexiga.
 
Sua musculatura possui arranjo em 3 camadas.
 
Três ligamentos promovem a mantutenção do posicionamento da bexiga. Dois deles são chamados de ligamentos vesicais laterais (Conduzem os ligamento redondos da bexiga, que são vestígios das artérias umbilicais) e um ligamento vesical mediano.



                                Fonte: DYCE, K. M. et al. Tratado de Anatomia Veterinária.



Uretra


A uretra tem a função de promover a passagem da urina que estava armazenada na bexiga até o meio externo.
Nos machos, há dois tipos de uretra; a pelvica, que é a porção pelvica da uretra e a peniana, porção localizada no pênis do animal. 

Nas fêmeas não existe essa divisão, existindo apenas a uretra pélvica.


                                    Fonte: DYCE, K. M. et al. Tratado de Anatomia Veterinária.




Nas fêmeas de Ruminantes e  Suínos existe uma particularidade: a presença de um fundo de saco cego, chamado de Divertículo Suburetral.


4 Comentários:

Jéssica Luna disse...

muutito bom !

Gabriela Silva disse...

ótimo

Unknown disse...

Top!

beviol disse...

Faltou informação qunto a questão de multi e unilobar

Postar um comentário

  • Titulo da imagem ou post

    UFV.

  • Test with enclosures

    Departamento de Medicina Veterinária.

  • .

  • Título da imagem ou post

    .

  • Blogger Tricks